No dia 9 de novembro de 2023, a organização do prémio Médicis anunciou, em Paris, que o romance “Misericórdia” de Lídia Jorge ganhou o Prix Médicis étrangerex aequo com o romance da autora coreana Han Kang, “Impossibles adieux”. Pela primeira vez, este prémio, criado em 1970, em França, foi concedido a uma autora de língua portuguesa.

Esta obra foi editada em 2023 pela editora Métailié, cuja tradução, de Elisabeth Monteiro Rodrigues, foi objeto de apoio da LATE (Linha de Apoio à Tradução e Edição), programa conjunto do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB)/Ministério da Cultura.

“Misericórdia”, originalmente editado em Portugal pela LeYa/Dom Quixote, em outubro de 2022, já foi distinguido com outros prémios: Prémio de Novela e Romance Urbano Tavares Rodrigues 2023; Prémio PEN Clube Português 2023; Grande Prémio Romance e Novela 2023 da Associação Portuguesa de Escritores; Prix Transfuge do Melhor Livro Lusófono Publicado em França 2023; Prix des lecteurs de la librairie Au bord du jour 2023.

Foto © Nikada/Getty images

  • Partilhe